Na construção de mais um capítulo na caminhada pela eleição na Capital do Trabalho, quatro partidos estão alinhando uma coligação. Tucanos, Republicanos, Progressistas e Socialistas estiveram reunidos na última sexta-feira, quando o acordo foi firmado.

No Mesa Redonda desta terça, conversamos com o presidente do PSDB, Fabiano Caetano que confirmou os detalhes do encontro. Segundo ele, a princípio estão sendo discutidas as bases da composição de um projeto e, num segundo momento serão discutidos os critérios para a escolha dos candidatos. O presidente tucano, também destacou que a ideia do grupo é conversar com outros partidos, em busca de uma aproximação para somar forças. O critério para esta adesão passa pela preocupação em construir um projeto coletivo para Concórdia.

De agora em diante, as lideranças dos partidos terão encontros semanais para discutir ações, planos e estratégias de forma coletiva, indicou o presidente do PSDB.

Num contexto mais amplo, a decisão dos partidos em confirmar a aproximação, acaba por indicar um fato novo na corrida pela prefeitura de Concórdia. Embora nos bastidores a informação já circulava, agora a coligação passa a ser tratada de forma oficial, o que determina também, encaminhamentos em relação aos outros partidos, sobretudo, PMDB e PSD. Já que o PT, naturalmente é oposição ao projeto que se forma, neste momento, com participação do PSDB, PR, PP e PSB.