ATENDIMENTO (49) 3441 2801
Já possui uma conta? Entrar | Cadastre-se

Faça login

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro. É rápido, fácil e garante acesso a diferentes serviços.

Cadastre-se

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro.

 

Saiba para que serve cada tipo de produto de limpeza
Buscamos a ajuda de especialistas do ramo para tirar as dúvidas sobre a melhor forma de usar os materiais da faxina
Publicado 27/11/2014
 

Por Rhayana Cordeiro

A escolha de produtos de limpeza nas gôndolas do supermercado pode ser um momento de grande dúvida para os consumidores. Muitos itens não contam com explicações claras sobre a utilidade em seus rótulos e acabam sendo comprados por engano. A melhor maneira de selecionar um produto é pensar no tipo de superfície a ser limpa e na intensidade da sujeira. Para não haver qualquer dúvida, reunimos os especialistas em limpeza Luiz Antonio de Oliveira, professor de química da Unesp, João Pedro Fidelis, gerente da franquia Maria Brasileira, e Viviane Abras, especialista da Personal Service, em uma conversa tira-teima.

Confira o resultado:

 

SABÃO EM PEDRA

O que é? Detergente em barra desengordurante.

Onde deve ser usado? O sabão azul é indicado para limpar alumínios, pois conta com propriedades branqueadoras. Já o de coco apresenta melhores resultados na limpeza de roupas brancas e delicadas. Por fim, o de glicerina tem fórmula suave e é ideal para tecidos.

Principais erros na limpeza: Misturar o sabão com demais itens é prejudicial porque anula a sua eficácia

SABÃO EM PÓ

O que é? Detergente alcalino em pó.

Onde deve ser usado? Apenas na lavagem de tecidos.

Principais erros na limpeza: Misturar o produto com água sanitária é perigoso, já que uma fumaça tóxica pode ser formada. O sabão em pó é também muito usado para lavar pisos, mas a escolha é ruim, pois o material causa corrosão nos revestimentos.

ÁLCOOL

O que é? Desinfetante de superfícies.

Onde deve ser usado? É indicado para a limpeza de vidros, espelhos e metais. Lembre-se que a característica desinfetante é garantida apenas quando o produto tiver concentração entre 68% e 72%. A 98% tem propriedades desengordurantes. Já a 70% é mais eficiente na destruição de microrganismos.

Principais erros na limpeza: Usar o composto na desinfecção de grandes áreas. O problema é o tempo de evaporação da substância (10 segundos), não sendo possível higienizar tudo de uma vez. O produto não deve ainda ser usado em superfícies emborrachadas, pois as enrijece.

ÁGUA SANITÁRIA

O que é? Desinfetante e alvejante (mistura de hipoclorito de sódio (cloro) e água – na proporção de 2% a 2,5% de cloro).

Onde deve ser usado? O material elimina bactérias de frutas, legumes e verduras. Além disso, se mostra eficiente na limpeza de roupas, caixas d’água, pisos, azulejos e vasos de planta.

Principais erros na limpeza: A característica alvejante não permite que o produto seja usado em tecidos coloridos, pois ficarão desbotados. Outro engano é misturar a água sanitária com produtos que contenham amoníaco (como limpadores de janelas e ceras).

CLORO

O que é? Desinfetante de superfícies. Diferente da água sanitária, se trata do cloro puro.

Onde deve ser usado? É eficiente no tratamento da água da piscina. Tem propriedades descorantes e pode ser usado ainda no branqueamento de fibras vegetais, como algodão e linho. Outra utilidade possível é a esterilização de ambientes domésticos como banheiros e cozinhas (propícios ao ataque de germes).

Principais erros na limpeza: A mistura do cloro com outros produtos causa reações químicas muito perigosas e deve ser evitada. Além disso, o material possui propriedades corrosivas e causa queimaduras na pele e nos olhos. Lembre-se também de armazenar o cloro em locais frescos e arejado.

DESINFETANTE

O que é? Produto capaz de esterilizar superfícies.

Onde deve ser usado? É eficaz para desinfectar e odorizar ambientes, sendo capaz de destruir microrganismos presentes em roupas, utensílios e instalações.

Principais erros na limpeza: Muitos utilizam o produto sem fazer uma limpeza anterior no espaço. Além disso, sua eficácia é comprometida quando não permanece por, no mínimo, 10 minutos no local a ser higienizado.

DETERGENTE LÍQUIDO

O que é? Sabão líquido vendido com base neutra.

Onde deve ser usado? O melhor é usá-lo na remoção de gorduras em superfícies laváveis como pisos, paredes, azulejos, metais, alumínios, plásticos e vidros. Mas lembre-se que os produtos neutros não realizam limpezas agressivas.

Principais erros na limpeza: Não enxaguar corretamente o resíduo deixado após a aplicação do detergente é o maior engano, pois a superfície ficará embaçada e o material poderá ser danificado. Outro problema é misturá-lo com outros produtos.

PRODUTO MULTIUSO

O que é? Item de baixa alcalinidade que age sobre óleos e gorduras.

Onde deve ser usado? O produto consegue remover a sujeira de fogões, pias, azulejos e materiais plásticos.

Principais erros na limpeza: Nunca limpe materiais porosos ou superfícies de madeira com tal produto.

REMOVEDOR

O que é? Solvente mineral.

Onde deve ser usado? Apresenta bons resultados na remoção de tintas acrílicas.

Principais erros na limpeza: É comum ser usado no momento da faxina em pisos, mas tal uso não é indicado, pois há riscos de corrosão no revestimento.

SAPÓLIO

O que é? Sabão fabricado com pó mineral.

Onde deve ser usado? Eficaz na retirada de sujeira em azulejos, panelas inox, fogões e pisos rústicos.

Principais erros na limpeza: O produto altamente agressivo à saúde apresenta características abrasivas, ou seja, arranha as superfícies mais sensíveis. Outro grande erro na utilização domestica é misturar o sapólio com outros tipos de itens (sabão em pó, detergente, sabão em barra e cloro, por exemplo), pois a combinação pode anular o efeito de limpeza e dar origem a uma substância altamente tóxica.

ÁGUA RAZ

O que é? Desengordurante e solvente de tintas.

Onde deve ser usado? É indicado para a limpeza e remoção de esmaltes sintéticos e graxas impregnadas nas superfícies.

Principais erros na limpeza: Usar a água raz para limpar as mãos. A prática comum apresenta elevado risco de provocar queimaduras de pele. Desse modo, é essencial o uso de equipamentos de proteção (luvas e máscara) durante o manuseio.

COMENTE

2 COMENTÁRIOS
  • adriana santos passos da silva
    gostei das sujestos dada asima
  • adriana santos passos da silva
    sujestos provaves vo esta senpre alerta e aprede mas sobre miha area