ATENDIMENTO (49) 3441 2801
Já possui uma conta? Entrar | Cadastre-se

Faça login

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro. É rápido, fácil e garante acesso a diferentes serviços.

Cadastre-se

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro.

 

Superação é como a CCE define a Expo Agro
Estimativa preliminar é de um público entre 80 a 100 mil pessoas e R$ 30 milhões em negócios
Publicado 26/07/2015
 

Por Rhayana Cordeiro

A Expo Agro chega ao final e como é de praxe a Comissão Central Executora (CCE) se reuniu para repassar os números preliminares e a as impressões da feira. Números preliminares dão conta que um público entre 80 a 100 mil pessoas passaram pelo Parque de Exposições durante os dias de feira e cerca de R$ 30 milhões em negócios foram movimentados. 

O presidente da CCE e vice-prefeito, Neuri Santhier, afirmou que a organização está realizada com o evento. “Fizemos tudo o que era possível para que esta Expo Agro fosse realizada e temos que agradecer a todos que participaram, pois é a isso que se dá o sucesso da feira”, disse. 

Para o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas, Moacir Zat, a princípio uma feira segmentada se mostrou um desafio. “Apesar disso terminamos com a certeza de sucesso e objetivos alcançados”, afirmou. Segundo Zat, os números concretos dos resultados da Expo Agro serão apresentados nesta semana. 

Ruimar Scortegagna, membro da CCE e secretário Municipal de Agricultura disse que a Expo Agro confirmou aquilo que sempre se discursou: o Agronegócio é o pilar econômico de Concórdia, e mais, que a atividade realmente é feita com excelência e se destaca com os melhores insumos genéticos do país. 

Scortegagna comemorou o sicesso do leilão de suínos que comercializou todos os animais e movimentou R$ 200 mil. “Tivemos um único animal comercializado por R$ 13 mil”. Assim como o leilão, o torneio leiteiro e o potencial genético também foram destaque. 

A agricultura familiar também demonstrou sua força, comercializou mais de seis mil refeições e fez uma mostra de mais de 300 produtos oriundos de 25 cooperativas locais composta por mais de 1.300 famílias. 

O prefeito João Girardi encerrou a coletiva e disse que foi um grande acerto da dministração municipal ter decidido realizar esta feira em um momento de crise. “Compreendemos que era hora de superar a crise, de apostar no nosso potencial e realmente foi uma decisão certeira”, afirmou. “Projetamos nosso município para o Brasil com o que temos de melhor e com certeza isso vai fazer a diferença”, completou

 

COMENTE