ATENDIMENTO (49) 3441 2801
Já possui uma conta? Entrar | Cadastre-se

Faça login

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro. É rápido, fácil e garante acesso a diferentes serviços.

Cadastre-se

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro.

 

Divulgação.
Setores madeireiro e de construção de móveis voltam a contratar em Concórdia
Somente uma empresa está buscando mais de 50 pessoas para a linha de produção.
Publicado 18/11/2016
 

Por Jocimar Soares

Os setores madeireiro e construção de móveis em Concórdia começam a apresentar reação na criação de novas vagas de trabalho. Algumas empresas começam a contratar trabalhadores para atender a demanda, que passou a surgir nesse fim de ano. Somente uma delas está buscando mais de 50 profissionais no mercado para a retomada de produção. A notícia é alentadora, já que o setor sentiu os reflexos da crise e demissões foram verificadas nos últimos meses.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil e Madeireiro de Concórdia e Região, Sintracon, Vilmar Barro, comenta que a crise ainda existe e que essa reabilitação está sendo tímida. Essas contratações começaram no último mês. "Não sabemos ao certo se são temporárias ou o quê. Mas o fato é que está havendo mais contratações do que demissões", analisa.

Para Vilmar Barro, a expectativa também poderá ser refletida no ramo da construção civil. Nos últimos meses, as grandes obras não foram afetadas pela crise econômica, na visão dele. Completa que o impacto foi maior para as pequenas construções, em especial do programa Minha Casa, Minha Vida. "Para essas obras pequenas, o problema afetou os pequenos empresários, que acabaram sentido o reflexo", finaliza.

COMENTE