ATENDIMENTO (49) 3441 2801
Já possui uma conta? Entrar | Cadastre-se

Faça login

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro. É rápido, fácil e garante acesso a diferentes serviços.

Cadastre-se

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro.

 

Divulgação.
Faturas de água e esgoto terão advertência sobre proliferação da dengue
A Comissão de Constituição e Justiça da Alesc aprova Projeto de Lei do deputado estadual Neodi Saretta, do PT.
Publicado 07/12/2016
 

Por Jocimar Soares

A Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa aprovou o Projeto de Lei do deputado Neodi Saretta, que obriga as empresas concessionárias de água e saneamento, que operam no estado a incluirem em suas faturas a advertência sobre os riscos da água parada quanto à propagação do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. O objetivo é garantir o direito constitucional à saúde e prevenir a propagação do mosquito aedes aegypti. "Tão importante quanto conhecer sintomas, tratamentos e sequelas da dengue, chikungunya e do zika vírus é a prevenção contra essas doenças transmitidas pelo mosquito", aponta Saretta. O projeto segue para análise nas comissões de Trabalho e de Saúde.

(Fonte: Ascom/Deputado Neodi Saretta)

 

COMENTE