ATENDIMENTO (49) 3441 2801
Já possui uma conta? Entrar | Cadastre-se

Faça login

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro. É rápido, fácil e garante acesso a diferentes serviços.

Cadastre-se

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro.

 

Divulgação.
Inauguração do Centro de Referência em Desenvolvimento Sustentável
Também houve a soltura Experimental de Peixes acontecem em Piratuba.
Publicado 19/12/2016
 

Por Jocimar Soares

Com o apoio do Consórcio Machadinho, Instituto Alcoa e ENGIE, dois novos blocos do Centro de Referência em Desenvolvimento Sustentável de Piratuba (CRDS) foram inaugurados na última quinta-feira, dia 15. O evento contou com a participação de cerca de 70 pessoas, dentre eles alunos, comunidade em geral, prefeitos e empresas parceiras. A programação também contou com uma soltura experimental de peixes no lago da Usina Hidrelétrica Machadinho.

O CRDS foi inaugurado em 2011, com uma estrutura inicial de dois blocos para as atividades escolares. Pensando em ampliar ainda mais a estrutura de atendimento dos alunos, agora em 2016, dois novos blocos foram construídos e entregues para a escola.

Os novos blocos possibilitarão atender mais de 180 alunos do município de Piratuba regularmente, já que oferecerão sala para realização de oficinas, tanto dos alunos que frequentam a unidade escolar como para grupos de visitantes, e ainda auditório, espaço para coffee break, cozinha e sanitários.

O evento teve início às 9h com coquetel de recepção, e posteriormente o ato de inauguração, com discurso das empresas que foram parceiras na construção do Centro e da Prefeitura Municipal de Piratuba. Posteriormente foi realizado o descerramento da faixa de inauguração e a visita as novas instalações.

Na sequência, aconteceu a soltura experimental de peixes no lago da UHE Machadinho com a participação dos alunos integrantes do CRDS. A soltura no lago da Usina, foi realizada pelo Laboratório de Peixes de Água Doce da UFSC – LAPAD, e foi autorizada pelo IBAMA, em atendimento ao Programa de Monitoramento e Manejo da Ictiofauna, Condicionante da Licença de Operação da UHE Machadinho.

Foram soltos 550 peixes das espécies dourado e grumatão, produzidos a partir da reprodução de indivíduos da primeira geração de matrizes selvagens capturadas no alto rio Uruguai. Todos os peixes soltos receberam uma marcação química que produz uma marca fluorescente, visível sob microscopia, permitindo o acompanhamento dos resultados da ação através da recaptura dos indivíduos soltos.

Esta é a quarta soltura experimental que acontece no Lago da Usina Hidrelétrica Machadinho.

(Fonte: Andressa Reina/Ascom/UHE Machadinho).

COMENTE