ATENDIMENTO (49) 3441 2801
Já possui uma conta? Entrar | Cadastre-se

Faça login

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro. É rápido, fácil e garante acesso a diferentes serviços.

Cadastre-se

Caso você ainda não possua uma conta, faça o seu cadastro.

 

Pacheco promete remédio amargo e corte de 50% nos comissionados
Medida de maior impacto de Pacheco neste primeiro dia é o corte de 50% dos cargos comissionados
Publicado 02/01/2017
 

Por Douglas Fortes

O tucano Rogério Pacheco, assumiu na manhã de domingo, dia 1, o comando da maior cidade do Alto Uruguai Catarinense (Amauc). Além das questões protocolares e de agradecimentos, no discurso de posse prometeu austeridade e repetiu aquele que foi o discurso na campanha eleitoral “gestão eficiente, transparência e participação da sociedade” o que Pacheco destaca como os três pilares da administração”.

Pacheco também destacou que não quer ser cobrado em 100 dias, seis meses ou um ano – prefere ser julgado por quatro anos e pontou que vai ser necessário tomar medidas duras.

No que se refere a gestão eficiente, uma das promessas da nova gestão, Pacheco prometeu que vai cortar, 50% dos cargos comissionados (medida que atende a Projeto de Lei, de autoria do vice-prefeito, Edilson Massocco (PR) e que foi aprovado na Câmara). No primeiro dia de governo é a medida de maior impacto apresentada pela nova administração.

 

COMENTE